Translate

terça-feira, 7 de outubro de 2014

O Pensamento de Indalício Mendes (4)


            “Nessas horas de melancolia, socorro-me da placidez do filósofo, mergulho meu espírito nas páginas fulgentes dos Evangelhos e contraponho às misérias terrenas o lenitivo das coisas belas e sãs, refrigério das almas sem maldade... Disse Confúcio que "as faltas dos homens são relativas ao estado moral de cada um". Profunda verdade. E Sócrates afirmava que o homem é injusto e mau quando desconhece a verdade. Por fim, Jesus, que a todos superou em sabedoria e elevação espiritual, deixou-nos o Sermão da Montanha, legítimo Código da Felicidade, se exemplificado sem discrepância.”

José Brígido (Indalício Mendes)

Reformador (FEB) Março 1948

Nenhum comentário:

Postar um comentário