Translate

terça-feira, 7 de outubro de 2014

O Pensamento de Indalício Mendes (3)


           “Os homens que vivem divorciados das verdades espirituais, cedo ou tarde sofrem as consequências de sua orientação errônea. Sempre que vejo homens obstinados na repulsa aos preceitos de sentido moral, tenho a impressão que são ataúdes, porque os homens aferrados ao erro não têm vida moral. Olho para eles com a tristeza que me invade ao notar um solitário féretro que passa. Não lhes distingo a forma humana; vejo ataúdes que desfilam soturnamente, envoltos nos crepes negros e espessos de sua própria inferioridade espiritual. Então, não são propriamente homens que atravessam o meu caminho: são espectros... Espectros que a abominam a luz reveladora e redentora dos Evangelhos...   Espectros que encontram ambiente nas pesadas sombras do egoísmo, do orgulho, da
maledicência, da indiferença pelo sofrimento alheio e da calúnia...”

José Brígido (Indalício Mendes)

Reformador (FEB) Março 1948

Nenhum comentário:

Postar um comentário