Translate

sexta-feira, 7 de abril de 2017

Nótulas Espiritualistas




   Nótulas Espíritualistas - VI
Dr. Antônio J. Freire
in Reformador (FEB)  Janeiro 1955

            “Só cultivando espiritualmente o domínio mental, vitalizando e purificando os nossos pensamentos, poderemos realizar boas obras, vencendo os nossos maus pendores, criando as virtudes cristãs opostas aos nossos vícios e defeitos, acelerando, assim, nesta transmutação psíquica, a nossa evolução anímica numa ascese para Deus, ponto de partida e de chegada de toda a Humanidade.”

*

            “O pensamento é o orientador máximo de todas as atividades dentro do ilimitado psiquismo humano irradiando, na sua exteriorização e projeção, ondas em todas as direções e às mais longínquas distâncias, animadas duma velocidade superior à da luz (300000 km/segundo), refratárias a interferências de qualquer natureza.”

*

            O estudo do mecanismo e ação da força-pensamento, conjugada com a força-vontade, seu dínamo e motor que pode atingir os mais altos potenciais quando predominam dominantes emoções, o seu estudo e compreensão - repetimos - é fundamental para orientar a nossa evolução espiritual e marcar as nossas melhores atitudes sociais.

*

            Em verdade, o homem é, simultaneamente ou alternativamente, um vigoroso irradiador e receptor das vibrações mentais que envolvem todo o nosso Universo, todo o Cosmos, tornando-nos, por vezes, por sintonia, solidários de pensamentos e de emoções estranhos e divergentes num aglomeração heterogênea de extrema variedade e complexidade.

*

            De fato, a mínima vibração mental ou emocional propaga-se imediatamente, à sua formação, além, muito além, do círculo restrito condicionado pelo seu autor, através do éter onipresente, ultrapassando, por vezes, nossa atmosfera terrestre e os planos do Mundo astral que envolvem o nosso planeta terrestre, podendo atingir mesmo os Mundos celestes.

*

            Sendo dado que o homem é um poderoso foco de recepção e de irradiação de vibrações mentais e emocionais de raio ilimitado, que podem ir de polo a polo; de Mundo a Mundo, assiste-lhe o imperioso dever moral de vigiar e depurar todos os seus mais ocultos e íntimos pensamentos e sentimentos, expressos nos seus vícios e sórdidas paixões anticristãs, que se oponham à divina e excelsa Lei da Evolução no sentido reencarnacionista e cármico, Lei por excelência, de resgate e de redenção, onde estão contidos os transcendentes mistérios da Vida, da consciência e do Destino humano.

*

            É um imperativo categórico, para todos nós vencermos todos os nossos defeitos e mais tendências atávicas ou adquiridos que possam contaminar os nossos semelhantes, solidários em todas as nossas etapas evolutivas através do escabroso e torturante caminho da expiação, do arrependimento e da reparação.
             É necessário, em todas as mais obscuras emergências, em todos os conflitos e vicissitudes mais imprevistos e tumultuosos, mantermos a nossa consciência alerta para, por ela, aferirmos a nossa linha de conduta. A nossa Consciência moral é o nosso melhor amigo e o mais seguro e sapiente conselheiro, e o nosso supremo Juiz.  Reflexo do nosso espírito eterno e divino, quem tiver a nobre coragem de seguir os seus salutares conselhos e clarividentes avisos intuitivos, pode estar seguro e certo no cumprimento do seu dever cristão, tornando-se, assim, um legítimo filho de Deus e um fiel servidor de Jesus, supremo símbolo do Amor, da Verdade e da Justiça e, por excelência, o soberano Senhor da Renúncia e da Compaixão.

*

            “Há sempre uma defesa, para nos libertarmos das mais perversas, sórdidas, aliciantes e ruins tentações, que nos perturbam e atraem, dado o baixo nível da nossa evolução espiritual: é o cultivo e prática das virtudes cristãs, primeiro pela inteligência e pela meditação; depois pelo sentimento e pela emoção, dinamizando o potencial divino contido em nosso espírito, integrados e exemplificados nos redentores ensinamentos evangélicos.
            “Assim orientado, o Homem conquistará, pelo seu trabalho, tenacidade e elevação moral, no sentido do Bem, traduzidos no altruísmo e humildade cristã; na renúncia e na abnegação, na caridade e no sacrifício, a coroa de glória imarcescível que o fará ascender às culminâncias de um super-homem, de um justo, de um servo querido do Salvador da Humanidade - Jesus, o Cristo.”

*

            “Dentro da suprema hierarquia espiritual do Universo não há limites para a Evolução humana, desde que a Humanidade saiba e queira compreender e executar as Leis divinas do Amor universal, de que a lei subsidiária da Fraternidade é uma parte integrante.
            “Nesta orientação, o Espiritismo dignifica o Homem, nobilitando-o pelo seu esforço próprio, libertando-o de dogmas absurdos e de liturgias bizantinas, apontando-lhe a curva luminosa que o faz ascender para Deus - sua origem e finalidade - através das divinas leis, de resgate e de redenção, a Lei Reencarnacionista e a Lei do Carma, lógicos corolários da suprema Lei da Evolução que envolve intimamente todos os Universos, todo o Cosmos, todos os Reinos da Natureza, desde os minerais até os deuses.”


Lisboa, 1955.

Nenhum comentário:

Postar um comentário