Translate

quinta-feira, 6 de abril de 2017

Nótulas Espiritualistas


Nótulas Espiritualistas
Dr. Antônio J. Freire
in Reformador (FEB)  Junho 1954

            O Espiritismo, sofrendo os rudes e violentos assaltos e vitupérios da ignorância e do fanatismo, derivados da Ciência materialista e agnóstica em híbrido conúbio  com as  Religiões dogmáticas e opressivas, aliadas a arcaicos preconceitos teocráticos, proclama, como princípio fundamental e orientador de todo o progresso cósmico e humano -  a EVOLUÇÃO, no seu duplo aspecto: morfológico e anímico.

*
            A Evolução, estruturalmente progressiva, dominando toda a Biologia dos seres e das coisas (PanvitaIismo-Hilozoísmo), sob o signo do Espírito Onisciente e Onipotente, é a coluna vertebral do Divino Plano da Criação.
            Na sua dupla modalidade, afetando simultaneamente - a Vida e a Forma, a Consciência e a Matéria – no seu variadíssimo poliformismo, a Evolução constitui um sistema oscilante de infindos e contínuos ciclos de vida (Palingenesia) sem solução de continuidade, expressos numa série de vidas sucessivas (Reencarnacionismo), alternando de Mundo para Mundo.
            A Vida, na sua essência íntima toda espiritual, desliza dos Mundos terrestres para os Mundos supra-terrestres: astrais, celestes e divinos em ondulações sinuosas e curvilíneas, de trevas e de luz, de alegrias e de angústias, de vitórias e de derrotas colhendo cada alma no presente o fruto, doce ou amargo, correspondente  ao que tiver semeado nas vidas passadas, nas justas e lógicas relações causa e de efeito, expressas no Karma, legítimo mandatário da Justiça Imanente, sempre equitativa  e complacente, ativa e misericordiosa.

*

            O Homem é o árbitro do seu destino, condicionado nos seus pensamentos e nos seus sentimentos pelas divinas Leis Cósmicas que impulsionam e fundamentam a suprema Lei da Evolução: a Lei Reecarnacionista e a Lei Kármica, leis, por excelência de resgate e de Redenção.
            Todo cosmos, toda a Humanidade, vivem, sofrem, progridem, dentro da ação benéfica e redentora das três leis básicas de Essência divina e de aplicação cósmica e humana: Lei de Evolução, Lei Reencarnacionista, Lei Kármica, em ondulações convergentes de Justiça, de Progresso e de Amor.
            O estudo aprofundado destas Leis na sua origem, estrutura, mecanismo e nas suas conseqüências cósmicas, individuais e sociais, deve constituir a base do conhecimento doutrinário do  Espiritismo , nobre ideal de resgate e de redenção, de Justiça, de Verdade e de Progresso, de Caridade e de Amor.  
                                                                                                                      Lisboa, 1954


Nenhum comentário:

Postar um comentário