Translate

segunda-feira, 11 de janeiro de 2016

Fraternidade e Paz


Permite-me, Senhor, imitar tua sublime lição, quando, subindo ao Monte, reuniste em torno de ti a multidão dos aflitos, dos injustiçados, dos que tinham necessidade de ser assistidos em amor e em compreensão, dos que fossem capazes de renunciar para exemplificar humildade.

Nós, Senhor, a quem convidaste à graça de servir-te, suplicamos, ainda uma vez, volveres para nós o teu coração, tão cheio de amor, a fim de que possamos igualmente transmitir, aos que nos confiaste, as esperanças da bem-aventurança, sem que seja retirada a noção da responsabilidade e dos testemunhos que lhes são inerentes.

Permite-me, Senhor, assistir os discípulos da minha oficina de trabalho santificado, distribuídos pelo imenso campo de atividade para onde transferiste a Árvore do Evangelho, que, um dia, estenderá seus ramos por todo o orbe terreno, exigindo, até lá, suor e lágrimas dos desbravadores dos caminhos, dos responsáveis pela aradura da terra.

Tu os conheces, Senhor, melhor do que eles mesmos, sabes das fraquezas e das paixões neles enraizadas. Nós te suplicamos, Senhor, lhes fortaleças a fé, diante das lutas. Renova-lhes o Sermão do Monte, lembrando-lhes que o Reino dos Céus pertencerá aos humildes, aos que forem capazes de, renunciando, perdoar setenta vezes sete vezes. Faze-lhes, Senhor, sentir que somente os compreenderás como teus irmãos pelo amor que tiverem uns para com os outros.

Meus filhos, meus irmãos, se me amais, ajudai-me a: reunir, em torno da bandeira da Fraternidade, da bandeira branca da Paz, as ovelhas que Jesus me entregou.

Meus filhos, uni-vos! Buscai solucionar vossas divergências na mansidão e na prudência, na humildade e no amor, mas, antes de tudo, busquemos seguir Jesus, porque Ele é o Caminho. Ele é toda a Verdade, toda a Luz, toda a Sabedoria que a Humanidade pode comportar.

Meus filhos, meus irmãos em Jesus, discípulos de seu Evangelho - irmãos espíritas: Busquemos antes de tudo entender-nos, busquemos confraternizar-nos, busquemos servir sem preocupar-nos com o lugar, que cada um renuncie um pouco a si mesmo, em favor do próximo, buscando todos em Jesus a Divina Luz, o Divino Amor, onde encontrarão, por certo, Sabedoria capaz de solucionar todas as dúvidas,

Rogo-te, Senhor, abençoeis as tuas ovelhas, os discípulos que me confiaste.

Abençoada seja a vossa comunhão.
Ismael
(Mensagem recebida no Grupo Ismael,
da Federação Espírita Brasileira, em 8-4-1976.)

Fraternidade e Paz
Ismael

Reformador (FEB) Junho 1976

Nenhum comentário:

Postar um comentário