Translate

terça-feira, 22 de dezembro de 2015

A união entre os espíritas...


Qual é (...) o elo que deve existir entre os espíritas? Eles não são unidos entre si por nenhum contrato material, por nenhuma prática obrigatória; qual é o sentimento em que se devem confundir todos os pensamentos? É um sentimento todo moral, totalmente espiritual, inteiramente humanitário: o da caridade para com todos, em outras palavras: o amor ao próximo que compreende os vivos e os mortos, porque sabemos que os mortos continuam fazendo sempre parte da Humanidade. 

Reformador (FEB) Março 1976 pág. 81

3 comentários:

  1. A vivência do verdadeiro e puro Amor para todos os seres que nos rodeiam coloca-nos em sintonia com Jesus e todos os que Ele vibram na construção de um mundo melhor,facilitando em muito o nosso auto aprimoramento pois é dando que recebemos! José Olyntho

    ResponderExcluir
  2. Este trecho bem como as outras 2 postagens de mesma data são trechos retirados da Revista Espírita e, obviamente, assinados por Kardec. Constam de artigo do Reformador(FEB) que postaremos inteiro mais adiante. Um Natal de Paz! A equipe

    ResponderExcluir
  3. Em tempo, dia 25 de Dezembro completamos 5 anos com o Blog. Bela data para dar início ao trabalho de divulgação, não lhe parece?

    ResponderExcluir