Translate

quinta-feira, 24 de dezembro de 2015

A Terra regenerada



            A paz do Senhor seja com os meus irmãos que, no exílio, curtem as duras provações necessárias ao resgate de seu passado culposo. Permita Jesus que à sombra dessa paz possais compreender as divinas verdades, que clarearão a estrada árida que tendes de percorrer.

            Meus filhos, se a Humanidade, em vez de enveredar pelos caminhos escuros do erro, houvesse prosseguido a sua marcha pela senda luminosa dos ensinos do Senhor, outra seria a sua condição atual. Mas, o homem tem sido sempre o mesmo, obediente sempre à voz soturna que o aconselha para o mal, desprezando as vozes amorosas que procuram incutir-lhe os desejos do bem.

            Vós, que desejais ser espíritas e que sabeis que ser espírita é ser discípulo de
Jesus, esforçai-vos por traduzir em atos as verdades que o Consolador vos traz e vereis que a recompensa excederá a vossa expectativa. É certo que tereis de sustentar lutas, porque sois arautos de ideias novas e estas levantam sempre protestos daqueles que veem seus interesses feridos. E como há interesses seculares a zelar, como haja o domínio sobre as massas a conservar, como se verifica que as novas ideias vêm abalar o colosso de ignorância e de erros há tantos séculos construído, é lógico, é natural que os que se sentem prejudicados clamem e por todas as maneiras a seu alcance procurem ferir-vos, lançando para isso mão de todos os meios de que possam dispor, entre estes a calúnia e a mentira.

            Muitas são as dores que tereis de suportar, mas, discípulos do Cristo, tendes por dever conservar-vos firmes, impassíveis e prosseguir na tarefa de divulgar os ensinos do Senhor, custe o que custar, embora tenhais de sacrificar a própria vida e de renunciar a todos os gozos e proventos, que nada valem em face do amor do divino Cordeiro de Deus.

            Sabeis que o seu fardo é leve e suave o seu jugo. Carregai, pois, a vossa cruz com paciência e resignação e vos tornareis dignos de habitar a Terra quando, regenerada, atingir as campinas siderais da constelação de Hércules, para a qual se dirige em marcha acelerada, devendo lá chegar logo que a Humanidade estiver em condições de habitar essas regiões do infinito. Então, não mais tereis a noite e o dia, alternando-se gradualmente. Tereis as claridades siderais a se irradiarem dos vossos próprios espíritos redimidos, despidos dos andrajos do crime e cobertos pelas vestes alvíssimas das virtudes celestes.

            Eis, meus filhos, em síntese a vossa recompensa. E não será a última, pois na Casa do Pai há muitas moradas, que vos irão sendo franqueadas à medida que fordes galgando os íngremes degraus da escada entrevista em sonho por Jacó.

            Deus vos abençoe e Jesus vos ilumine.
A Terra regenerada
PASCAL
Comunicação mediúnica recebida em sessão pública,
na FEB, aos 9 de abril de 1920.

in Reformador (FEB) Dezembro 1978

Nenhum comentário:

Postar um comentário