Translate

quarta-feira, 18 de março de 2015

Bem Sofrer

Bem Sofrer
Emmanuel 
por Chico Xavier


Reformador (FEB) Abril 1956

            Aprendendo a sofrer, mentaliza a Cruz do Mestre e medita!

            Ele era senhor e fez-se escravo.

            Ele era grande e fez-se pequenino.

            Era a Luz e não desdenhou a imersão nas sombras.

            Era o Amor e suportou, valoroso, o assédio do ódio.

            Quem o contemplasse do pó de Jerusalém, no dia da grande flagelação, decerto identificá-lo-ia à conta de um legionário em extrema derrota.

            Suas pregações haviam encontrado a sufocação do Sinédrio, sua doutrina categorizava-se por abominável heresia, seus sonhos de confraternização pareciam aniquilados, seus beneficiários e companheiros vagueavam desiludidos e por único testemunho de reconforto, entre as chagas da morte, não encontrava senão a piedade e o entendimento de um ladrão comum...

            Mas quem fixasse com Cristo a multidão do alto da cruz, reconhecer-lhe-Ia a condição de herói vitorioso, porque para o seu olhar a turba fanática não passava de irmãos necessitados de auxílio.

            Ele viu a cupidez em sua figuração de miséria, o ódio em sua facies de treva, a ilusão em seu manto esburacado de fantasia e percebeu todas as falhas dos perseguidores, à maneira de moléstias do espírito, sob a máscara de dominação e alegria ...

            E sentiu apenas a grande compaixão que lhe coroou o espírito divino com a paz inalterável. 

            Se nos propomos assim bem sofrer, procuremos reparar do cimo de nossa cruz aqueles que jornadeiam conosco, carregando madeiros mais pesados que os nossos, acendendo a fraternidade na próprio coração, a fim de que não estejamos órfãos de entendimento.

            Compadece-te e ajuda a todos!..

            Compadece-te daquele que se fecha no oásis do lar, entronizando o egoísmo e compadece-te daquele que por não possuí-lo se compraz na revolta! compadece-te dos fortes que oprimem os fracos e dos fracos que hostilizam os fortes !..

            Derrama o tesouro que o Mestre te confiou por bênçãos de bondade ao longo do caminho e serás auxiliado por aquele a quem auxilias tanto quanto serás curado pelo doente a quem socorres.

            De seu madeiro de sacrifício, Jesus nos ensina a aquisição das bem-aventuranças...

           Para bem sofrer, é preciso saber amar e, amando como o Cristo nos ama, encontraremos na Terra ou no Céu a luz interior que nos reunirá para sempre à glória da Vida Eterna.  



Nenhum comentário:

Postar um comentário