Translate

sexta-feira, 19 de setembro de 2014

Reflexões à Luz do Crepúsculo



                  A intolerância é culpada de muitos crimes. Ao ser acusado de ateu, Tobias Barreto (nascido em Vila de Campos do Rio Real, 7 de junho de 1839 — faleceu em Recife, 26 de junho de 1889) foi um filósofo, poeta, crítico e jurista brasileiro) retrucou com lógica: "Eu não sou ímpio. Creio em alguma coisa que, entretanto, não tenho a felicidade de bem definir". Resposta de sábio, pois só os néscios podem pretender definir o indefinível. O exemplo clássico de Galileu perpassará os séculos porvindouros como exuberante prova dos excessos a que os preconceitos humanos podem chegar. Todavia, malgrado os sílabos, "a Terra se move".
Reflexões à hora do Crepúsculo- 9
por José Brígido (Indalício Mendes)

Reformador (FEB) Fev 1948



Tobias Barreto

Nenhum comentário:

Postar um comentário