Translate

terça-feira, 9 de setembro de 2014

Ainda o Indalício Mendes...


            Eu amo o que a vida tem de bom, de belo, de inocente, e luto para evitar que o sonho azul dos meus ideais se desvaneça ao contato da realidade cruel. São esses ideais que me dão forças para ir suportando os desenganos da vida terrena.

José Brígido (Indalício Mendes)

Reformador (FEB) Março 1948

Nenhum comentário:

Postar um comentário