Translate

terça-feira, 9 de setembro de 2014

Ainda o Indalício Mendes... (2)


            É o mal que dá mérito ao bem, como é o bem que identifica e combate o mal. Pelo fato de o mal valorizar o bem, não se deve vacilar entre um e outro, porque só o bem pode levar-nos ao gozo pacífico das consciências tranquilas. A vida tem um lado bom e um lado mau, porque vivemos em planeta ainda em fase pouco elevada de evolução. É dever do homem transformar em bom o lado mau, para que a beatitude desça sobre ele. A transformação do mal em bem deve começar pelo próprio indivíduo, que deve tirar de si o "homem velho", para que o "homem novo" surja, provocando a mutação da sociedade em que ele vive. Portanto, tem o homem de vencer primeiramente suas próprias imperfeições para poder, depois, vencer o mundo.

José Brígido (Indalício Mendes)
Reformador (FEB) Março 1948

Nenhum comentário:

Postar um comentário